05/03/2015

Eu sou aquela pessoa que nunca, em circunstância alguma, deves levar ao supermercado # 3

Este post também se poderia chamar À quinta-feira, visto-me sempre mal

ou 

Uma ida ao supermercado é, parecendo que não, extremamente enriquecedora em termos culturais.

Para já, fui às 9 da manhã. Isto é importante para que se perceba o contexto. Chego a certa superfície comercial e deparo-me com a loja praticamente sem clientes, mas com muitos funcionários.

Esta era eu:

Assim, despenteada e tudo, porquê, não posso? Hoje estou (mais) despenteada, desdormida e desaustinada. Ah, e desalinhada. Se acontece às melhores, a mim acontece-me, naturalmente.

Esta é a farda daquela superfície:

Portanto, se fosse dia de brincar a "Onde está o Wally?", sob uma forma mais avançada, "Onde está a LP?", hoje não era o dia ideal.

Senti-me tão em casa.

Depois deparei-me com esta pequena maravilha: uma marca de comida para gatos, que os descreve de forma tão peculiar que pessoas como eu acabam por não perceber o que raios contêm os pacotes (♥ this word).


Ali assim diz "Para tigres saudáveis". Ora, bamo lá a ber: eram 9 da manhã, e a pessoa ainda não injectara cafeína na veia. Olhou para a etiqueta e perguntou-se assim (é que me questiono amiúde com coisas prosaicas): "Tigre? Tigre? Alguém tem um tigre em casa?". Foi ali o momentinho louro do dia, que ainda me durou cerca de dez segundos de boneca parada, eu confesso. Mas já passou.

Esta variedade, da mesma marca, é destinada a gatos com 8 anos ou mais, ou seja, gatos velhos. Mas a marca tem o cuidado de utilizar, na embalagem, aquela bela expressão popular da juventude de espírito - tão corrente na raça humana, quando a carcaça já não aguenta o pedal da bicla, sói dizer-se "Eu mantenho o meu espírito jovem". O que, normalmente, não confere.

Quando me acerquei deste pacote (it, so cute), já não caí na graça dos felinos felídeos. No entanto, a falta da cafeína ainda me levou a uma absurda associação de ideias com adeptos de um clube desportivo, do qual não digo o nome, porque também não disse da grande superfície, e isto aqui, ou há democracia, ou comem todos.

20 comentários:

  1. Ehhh lá...que as empregadas das grandes superfícies não têm saias assim curtas!! :-P

    Eu sou um leão de sofá, tenho que experimentar comer essa comida, pode ser que saiba melhor do que as gomas que eu às vezes compro! ;-)

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A saia não é nada curta, as estacas da barraca é que são compridas :P

      E deve ser very light ;)

      Beijos

      Eliminar
  2. Discordo. Bem vestida. A estilista da superfície é que já te deve ter "mancado" noutro dia a farpela.
    E olha, vá-se lá saber porquê, li isto, e lembrei-me de uma coisa que se passou comigo há uns anos e fiz um post. Inspirado (relembrado) por isto. Mas vá-se lá saber porquê, mesmo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou tão modesta. Nem tinha pensado nessa possibilidade.
      Bota link, our queen, bota lá...

      Eliminar
  3. Um gato esterilizado é um tigre?? E eu com tanto carinho a tratar o meu por eunuco... já traumatizei o bicho, de certeza.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um tigre. Eu também ainda não estou em mim.
      Vou passar a olhar para as minhas gatas de outra forma. Tigresas.

      Eliminar
  4. Oh linda porcalhota,

    Tira-me lá esta duvida. Sendo os meus 2 gatos não jovens de espirito mas sim, "pitas histéricas" de espirito, qual é a ração que aconselhas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa não é a Amadora? :P

      Xacáveri...
      Olha, agora arrependo-me de não ter fotografado todas as variedades. Esta aqui dá para as tuas pitas, e, em português, tem uma tradução tão absurda quanto as outras. Tipo "Para gatos incansáveis".

      Eliminar
  5. Qual o problema em dizer o nome do clube se deixas a imagem de marca do hipermercado?
    Olha olha ... entortas o pé esquerdo!!! Ooppss, isto não era para ser dito mas, de vez em quando, faço como os malucos, digo o que me vem à cabeça.
    E não digo mais nada porque hoje é 5ª feira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh pá, é melhor não explicares. Vejo muita incerteza, topas? :-)

      Eliminar
    2. Mas agora explico. Quero que fique claro que:
      1. A foto foi tirada ao espelho, pelo que aquilo não é o meu pé esquerdo;
      2. Eu não entorto, nem o esquerdo, nem o direito;
      3. Se entortasse, teria ficado extremamente feliz com a tua observação.
      :P

      Quanto ao clube, olha, varreu-se-me. Sei que não é o Glorioso.

      Eliminar
  6. Belos presuntos, oh gata... oh Porca...!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi, gato, tudo miau?
      (tu nunca te enganas na maiúscula de Porca. E eu tomo nota :)

      Eliminar
  7. Ahahahahahah, "jovens de espírito", muito bom!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não devem ter querido escrever "idosos" :D

      Eliminar
  8. :))) com estes posts estou é a pensar o contrário do título, deves ser a melhor pessoa para levar ao supermercado, a ida seria sem dúvida animada :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Simpatia tua, Redondinha. Na verdade, perco-me nos corredores. Sentido de orientação, zero; capacidade de concentração no inútil, mil; enfoque no objectivo, zero; alienação na direcção de um planeta muito próprio, mil :)

      Eliminar
  9. os supermercados são antros de perdição!!!

    ResponderEliminar